BEMYSELF

7 Dicas Para Gerir Equipas Remotas Com Sucesso

Depois de, na semana passada, termos feito um artigo para ajudar quem trabalha de casa, esta semana falamos de quem tem que gerir essas equipas remotas. Estas dicas vão ajudar-te a ti e à tua equipa a serem produtivos, independentemente do local onde trabalham.

Neste momento, o trabalho remoto… ou, trabalhar a partir de casa… tornou-se mais do que uma tendência. É agora uma necessidade para empresas de todo o mundo. Como resultado, há milhares de líderes e gestores de equipa que se encontram de repente a gerir uma equipa completamente remota. Honestamente, isto pode ser assustador, especialmente se for a primeira vez que o fazes e não tiveste muito tempo para te preparar.

Se este és tu, esta lista de dicas vai ajudar-te a preparar-te a ti e à tua equipa para o sucesso:

1. Faz o check-in diário

Sempre que possível, isto deve acontecer individualmente e cara a cara através de vídeo. Conversas por telefone, e-mail e Slack só vão até certo ponto. A tua equipa precisa de te ver, e tu precisas de os ver. A boa notícia é que serviços como o Zoom ou o Google Team Hangouts tornam isto relativamente fácil. No início, isto deve acontecer todos os dias. O objetivo é simples – definir a agenda e providenciar o feedback e os recursos que os membros da tua equipa remota precisam.

2. Comunica muito

Provavelmente é desnecessário dizer que deverias estar em comunicação regular com a tua equipa. Uma das coisas mais difíceis de trabalhar em casa, especialmente se estás habituado a um ambiente de escritório, é a sensação de solidão e isolamento que pode instalar-se. Isto é especialmente verdade considerando que muitas pessoas estão praticando o distanciamento social.

3. Aproveita a tecnologia

Como gestor, o teu trabalho é manter a tua equipa conectada. As ferramentas de comunicação são uma forma simples de manter todos envolvidos. Embora o e-mail e as mensagens de texto possam ser uma solução a curto prazo, ferramentas como a Slack ou o Microsoft Teams são muito mais adequadas para a colaboração e comunicação. Algumas destas ferramentas de colaboração estão neste momento disponíveis gratuitamente.

4. Gere as Expectativas

Ajuda a tua equipa a descobrir o que deve fazer e cria expectativas realistas para o seu trabalho. A propósito, ” gerir expectativas” também se aplica a ti como gestor. Prepara-te a ti e à tua equipa para o sucesso, indicando claramente tanto as tarefas como as razões por detrás delas, e ajuda a tua equipa a compreender exatamente como vais medir o sucesso.

Isto significa definir o objetivo, prazos e resultados para cada tarefa ou projeto em que a tua equipa está a trabalhar. Caso contrário, não te surpreendas se, daqui a algumas semanas, te perguntares o que é que todos estavam a fazer. O que nos leva ao próximo ponto.

5.Foco nos resultados, não na atividade

Não é possível gerir todos os aspetos do trabalho realizado por uma equipa remota.  Pelo que vale, não deverias estar a tentar gerir todos os aspetos do trabalho de nenhuma equipa, sobretudo quando essa equipa está distribuída por diferentes locais. Em vez de te concentrares em atividade ou horas trabalhadas, concentra-te nos resultados e mede a tua equipa de acordo com isso.

6. Equipa a tua equipa

Certifica-te de que a tua equipa tem a tecnologia de que precisa para fazer o trabalho. Se de repente houver uma equipe de trabalhadores remotos, isto significa que há uma grande probabilidade de precisarem de ferramentas como laptops, software, dispositivos móveis ou até uma conexão de internet de alta velocidade. Não é razoável assumir que todos têm todas estas coisas, e é da tua responsabilidade como gestor certificares-te de que o têm.

7. Sê Flexível

Entende que, especialmente no ambiente atual, a tua equipa tem muito em que pensar.  Isto não é uma desculpa para não conseguir fazer as coisas, mas é um motivo para reconsiderar o que a produtividade realmente significa. Acertar um relógio durante oito horas está fora de questão. As horas regulares de trabalho estão provavelmente esgotadas para muitas pessoas.  Em vez disso, confia na tua equipa e dá-lhes liberdade e flexibilidade para trabalharem no horário que os ajude a serem mais produtivos. E isso, de qualquer forma, beneficia a tua equipa a longo prazo.

 

you dream it. we do it.