A bemyself não é apenas uma marca, define sim uma atitude.

Sede: 
Rua Pascoal de Melo nº3, 1.1
1170-294 Lisboa
Escritório:
Avenida Almirante Reis nº114, 6ºb
1150-014 Lisboa
Email:
geral@bemyself.pt

BEMYSELF

6 Formas de Não Ser Um Zé-Ninguém na Universidade

Não sejas um Zé-Ninguém!

Entraste para a universidade. E agora? A vida vai ser só estudar? Ou festas, rebaldarias e gastar o dinheiro dos teus pais? Então deixamos-te aqui um conselho: Não sejas um Zé-Ninguém!

Porque ir para a faculdade não tem que ser só sobreviver a exames e trabalhos, há que fazer mais e participar de forma equilibrada em todas as oportunidades que nos surgem.

Porque acredita, parecendo que não, são elas que te vão ajudar a ser um melhor profissional no futuro ou até a descobrir que tens jeito para algo que nunca pensaste em fazer.

Atenção que não te estou a incentivar a deixar de estudar. Deves fazer isso e muito mais. Podes participar em outras actividades extra que te vão ajudar a desenvolver em ti um conjunto de mais-valias que poderão ser muito importantes para o teu futuro.

1- Fazer estágios curriculares

“Quem quer fazer estágios enquanto estuda? Quero é ir curtir as minhas férias!” ou “Não vou fazer já, tenho muito tempo para isso” são as desculpas mais dadas pelos típicos Zé-Ninguém. Mas acredites ou não, são estes estágios que te vão permitir perceber o dia-a-dia para aquilo que estás a estudar. Para não falar que podes ler muitos livros e que na prática a realidade nunca vai ser como estudaste ou imaginaste. Acaba por ser uma auto-descoberta de ti mesmo e do que consegues ou gostas de fazer e para o que tens mesmo jeito.

2- Participar em grupos de debate escolares, eventos e conferências

O saber não ocupa lugar e para se ser mais, há que se saber e compreender mais acerca do que se passa à nossa volta.

3- Associação de Estudantes da tua faculdade ou núcleo de estudantes do teu curso

Para além de um “cargo importante” e algo que possas anexar no currículo, vais aprender o que é ser responsável por algo, bem como até desenvolveres projectos soft-skills na área que estudas e a estabelecer contactos.

4- Projetos paralelos como a tuna da tua faculdade, equipa de desporto ou teatro

Porque saber trabalhar em equipa é importante bem como de organizar o tempo e definir prioridades nas tuas tarefas e dia-a-dia. Ainda vais poder conviver com pessoas que podem ser ou não parecidas contigo, bem como ajudar-te “a desanuviar” um pouco a cabeça, a ler uma pauta de música ou até a perder o medo de falar em público.

5- Voluntariado

Para ser um bom profissional há que ser humano também. Há que respeitar, ajudar, ensinar e perceber as necessidades de cada um para que se evolua no mesmo sentido. Colocar-nos na pele de alguém que está numa situação desfavorável e ajudar a que a vida dessa pessoa melhore um pouco.

6- Erasmus

Para além de conheceres lugares novos, um sistema de ensino diferente e de teres a oportunidade de aprender novas línguas, com Erasmus vais poder colocar-te à prova e superar-te. Aprendes a lidar com a adversidade (que pode surgir em qualquer momento da tua vida profissional), com novos contextos e realidades, opiniões e culturas diferentes. Dá-te estaleca para te “desenrascares” mais tarde no mundo do trabalho independentemente da situação.

Por isso já sabes:

  • Não queiras ser só o que és.
  • Não sejas um Zé-Ninguém por este mundo.
  • Salta da cadeira e dá mais de ti!

[su_note note_color=”52B3EA” radius=”5″]Aproveita para ler: 15 Dicas Como Ser Produtivo [/su_note]

Inscreve-te no nosso Youtube!

[su_youtube_advanced url=”httpss://www.youtube.com/watch?v=D7h0FugTxsI” autoplay=”no” rel=”no”]

 

you dream it. we do it.